Sobre estudar de manhã

Dia nascendo, sol raiando, todo mundo lindo e bem humorado, é hora de ir pra aula!

DSC07677

Depois de uma troca de comentários com a Mih, que fez um post sobre Como é Fazer Faculdade A Noite, vim contar um pouco sobre a minha vida de estudante, que desde os 5 anos de idade sabe que acordar cedo não é tão divertido assim.

Como já falei, desde que eu entrei no colégio eu estudo de manhã, então, quando fui escolher o turno de Psicologia, nem passou pela minha cabeça estudar na turma da noite. Embora nunca tenha gostado de sair de casa cedo, o costume me fez ver que eu aproveitava melhor o dia dessa forma (sou procrastinadora oficial haha)

A turma – normalmente, as turmas diurnas são formadas por quem já emendou colégio/cursinho com faculdade, ou seja, a média de idade é mais baixa. Não posso dar certeza quanto a isso, mas pelo menos na minha sala, o pessoal era mais quieto, principalmente nas aulas antes do intervalo. Depois de comer alguma coisa e tomar aquele café, as aulas tendiam a ficar mais dinâmicas. Mas nada que interfira significativamente no aproveitamento das matérias.

Grade curricular – era a mesma nos dois turnos durante os semestres, porém, os professores podiam variar. Isso também se deve ao fato de que, em Psicologia, muitas vezes tínhamos matérias em que a turma era dividida. O turno da noite sempre tinha mais alunos que o da manhã, por isso, em algumas disciplinas eles contavam com mais professores. A carga horária da manhã era um pouquinho maior: 5 minutos a mais, sendo que a hora/aula era de 50 minutos.

Estágio e trabalho – durante o curso, tive 6 estágios obrigatórios (4 básicos e 2 profissionalizantes), os 4 primeiros eram no contraturno e os últimos 2 tinham horários variados. Para todos, tínhamos que fazer relatórios semanais, que não eram nada curtos e exigiam um tempo considerável, além das horas do estágio. A instituição disponibilizava declaração para quem tinha que trabalhar, aí um acordo com o empregador seria necessário. Mesmo assim, acredito que para eles, era meio corrido pra dar conta. Eu não trabalhei e nem fiz estágios não obrigatórios e às vezes já achava meio puxado, então…

Transporte – a faculdade inteira, meu pai me levava e eu voltava de ônibus; somente no último ano, que era exclusivo pros estágios profissionalizantes, eu dependia total do transporte público. A ida era mais complicada, por causa do trânsito que competia com início das aulas nos colégios e expediente de trabalhos. A volta, mesmo de ônibus, não era estressante; tinha bastante gente nos pontos e tal, mas a maioria era aluno, até fiz umas “amizades de ônibus” na época xD haha Os estacionamentos da faculdade, em horário de aula, estavam quase lotados, mas de manhã tinha mais vagas que à noite.

Porque eu prefiro de manhã? É a mesma lógica: quem veio primeiro, o ovo ou a galinha? haha Eu não sei se foi o fato de que, quando pequena, precisei estudar de manhã e por isso meu corpo se acostumou dessa forma ou se, naturalmente, eu funciono melhor pra ter aulas pela parte da manhã. Então, na realidade, eu acho que depende das necessidades de cada um. Eu sou uma pessoa que me enrolo consideravelmente pra começar as coisas, portanto, me forçar a acordar às 6h da manhã, ir pra aula, voltar e ter a tarde e a noite inteiras “livres” é o que melhor funciona pra mim.

Atualmente, faço pós graduação, e as aulas são quinzenais, nas sextas à noite e aos sábados, manhã e tarde. Acordar sexta feira e ter praticamente o dia todo pra (sem querer!) desenvolver uma preguiça de sair pra assistir aula é algo que me desmotiva, principalmente sabendo que vou chegar em casa tarde e não vou ter tempo de tomar banho e jantar tranquilamente (ok, eu adoro comer e faço das minhas refeições rituais em que é indispensável que eu tenha tempo para comer com calma…) A sorte é que eu escolhi a pós por querer saber mais sobre a minha área, então o interesse me mantém acordada e me fez ter apenas uma falta até agora xP

Enfim, o motivo do post foi mostrar um pouca das minhas percepções como estudante da manhã (: Não tive a intensão de ditar qual dos turnos é o melhor, até porque concluo que isso depende muito de cada um.

Espero que tenha conseguido dar uma visão mais geral de como é ^^

E não esqueçam de dar uma olhadinha no blog da Mih pra ter uma ideia de como são as aulas no período da noite, só clicar aqui.

Beijos! *:

Anúncios

15 comentários sobre “Sobre estudar de manhã

  1. caraca Ludi desde sempre de manhã? eu só fui estudar de manhã na sétima, ai também foi até a facul
    mas eu não me vejo estudando de noite (as vzs parava pra pensar que devia ser bem legal e tal mas não me via, ainda mais por anos assim), mesmo quase morrendo pra acordar prefiro de manhã penso igual em questão de ter todo o dia pra aproveitar.

  2. se eu pudesse eu escolheria o turno da madrugada: não tem transito, não tem estresse, é silencioso e no silencio eu produzo mais!
    deixando a utopia de lado, gosto do turno da noite só pelo fato que de manhã produzo menos (ainda mais com o horario IDIOTA de começar aula 7h30)

    bom post, estou gostando desses posts mais “cotidiano” :)

    beijos

  3. Oba! Este post ficou muito esclarecedor! Adorei, Ludi! Obrigada pela ajuda! Adorei o resultado dessa nossa parceria, espero que venham mais por aí!
    Beijinhos ;*

  4. Posso dizer que sou do tipo “nômade” dos turnos, haha. Vejamos: o maternal fiz pela manhã, o ensino fundamental, todo a tarde, o ensino médio no matutino e, agora, faço faculdade a noite.
    Porque escolhi o noturno? Queria trabalhar e estudar, mas confesso que não é fácil manter a rotina. Porém, até agora não me arrependi da minha escolha, ainda bem!
    XOXO,

    @alinne_silva (Blog: http://thewonderlandthings.blogspot.com.br/)

    1. Nômade mesmo! Aí sim dá pra ter uma ideia de como é estudar em cada turno. Se bem que nunca dá pra comparar muito, já que nossas necessidades, conforme o tempo vai passando, mudam.
      *:

  5. Noite! Noite! Noite!!!!
    Fiz faculdade de manhã e estou fazendo à noite e tenho certeza absoluta que meu rendimento é 1.000x melhor a noite do que de manhã.
    Um exemplo bem simples é: de manhã era praticamente todo dia que eu tirava um conchilo em alguma aula (shame on me xD)
    De noite, nenhuma vezinha…xD
    Hahaha – você ama comer, eu amo dormir lol

    1. Bem isso! Ir pra aula de noite pra mim, não dá certo.
      Teve até um dia que eu já tava com um pouco de dor de cabeça e resolvi ir pra faculdade com um moletom tão confortável e quentinho que acabei tendo que voltar pra casa no intervalo, tava quase babando em cima da carteira hahaha

    1. o meu rendimento na faculdade é bem melhor pela manha.nao que eu fico com sono, mas sim porque a minha faculdade a noite tem muitos velhos e muito saem cedo e o professor libera logo. isso nao e bom. pago pra ter aula e nao pra nao tem quase.

  6. Eu do pré ao 5 ano estudava a tarde, no 6 ano fui obrigado a ir pra manhã, fiquei até o 9 ano de manhã e acabei me acostumando e gostando. No ensino médio mudei de escola e como não tinha vaga de manhã fiquei a tarde no 1 ano inteiro. Agora estou 2 ano tentando arrumar um curso ou emprego pra eles me passarem pra manhã porque só assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s