Sea World e mais um vício gastronômico

Hoje o post não será tão grande assim, já que tem um pouco mais de objetividade e menos “que lugar mágico!”, “tudo muito lindo!” e “quero morar aqui para sempre!” típicos do Magic Kingdom. As fotos também já falam bastante por si só!

O primeiro parque que visitamos na viagem foi o Sea World, onde pode-se ter um maior contato com a vida marinha e conhecer as atrações que atentam para a preservação desde mundo. Lá dá pra encontrar arraias, tubarões, golfinhos… E é aqui também que a famosa Shamu vive *-* Na realidade, ela não é uma orca pré-histórica que existe desde a criação do parque (em 1973), mas Shamu é o nome padrão dado às orcas que já tem idade suficiente para se apresentarem nos shows, que já são treinadas e aptas para tal.

IMG_0142
Show da Shamu

Além do show da Shamu, existe o show com os golfinhos, que interagem bastante com seus treinadores, e são uma gracinha! haha

IMG_0077
Show com os golfinhos

É um parque mais tranquilo, mais espaçoso, o que torna a visita mais gostosa.

Não tem tantas atrações radicais, mas acredito que as duas montanhas russas principais (Manta e Kraken), compensem bastante xD Obviamente não fui em nenhuma das duas.

Manta
Manta

Como pode-se ver, os corajosos que se arriscam nela ficam sempre nessa posição. Ela é bem extensa e em alguns trechos, passa por cima das ruazinhas numa altura suficiente pra conseguir bater uma foto como essa sem muito esforço. Ou seja, os gritos são bem audíveis!

Um passeio mais tranquilo, mas que reserva algumas surpresas no final, é o Journey to Atlantis, onde você fica num carrinho que percorre a cidade de Atlantis (oh, really?!) e de repente sofre uma queda, e quando a sua adrenalina finalmente é normalizada, vem outra queda. Se você não sair no mínimo com as roupas úmidas (em uma parte, é possível que as pessoas que estão fora do brinquedo apertem um botão que joga água na sua cara…), é bom repetir a atração, porque se não, não tem graça…

IMG_0089
Journey to Atlantis

Bom, depois disso, eu já estava esgotada de brinquedos radicais (porque, pra mim, essa queda já foi suficiente para o dia todo), então passamos a maior parte do tempo passeandinho e vendo os animais que ficam por lá, que encantam igualmente:

Araras que não paravam de se coçar, em uma árvore...
Araras que não paravam de se coçar, em uma árvore…
Óun *-*
Óun *-*
IMG_0338
Alguma ave que, na minha ignorância, não faço ideia do nome
IMG_0341
Leão marinho jogando um charme pra câmera
IMG_0267
Antarctica: Empire of the Penguin

A parte da Antarctica é decorada toda com geleiras, dá até a impressão de um clima mais fresco, mas not really. Lá, tem uma atração que é um simulador, contando um pouco da vida dos pinguins, e ao final, você pode conhecê-los mais de perto. E aí sim é frio! Até tirei uma foto pra comprovar:

hehe
hehe

Tem bem mais atrações: você pode dar comida pros golfinhos, ver a “maternidade” deles, passear dentro dos aquários dos tubarões,… Mas a grande maioria possui fundo educativo, mostrando como é o mundo marinho e a importância de preservá-lo. Gostamos bastante do parque, e, talvez por ter sido o primeiro ou por ele ser mais tranquilo, não tivemos aquela sensação de correria que acompanha na Disney e na Universal.

Acabamos nem almoçando lá, levamos umas bolachas pra passar o dia, mas não pudemos deixar de experimentar os Dippin’ Dots. Eu já tinha ouvido falar disso algumas vezes e fiquei louca para experimentar. E aconteceu que no Sea World tinha várias barraquinhas espalhadas dessa evolução do sorvete. É até difícil de explicar exatamente o que é e como que é feito, mas posso garantir que é um tipo de sorvete, e que é servido em bolinhas.

IMG_0231

Acabamos comendo apenas uma vez, mas sério que se eu me esforçar, ainda consigo sentir o gosto dele =9

O que experimentamos foi o de Cookies ‘n Cream, que as bolinhas tinham um gosto suave e delicioso de creme (nada tipo os sorvetes de creme daqui, que pra mim tem gosto de nata gordurosa), e vários pedacinhos de Oreo de chocolate. Com certeza foi uma das melhores coisas que comi e sinto muito por não ter aqui no Brasil ainda.

Então, fica a dica, se vocês forem pra lá, não deixem de experimentar! Só vimos no Sea World e nos parques da Universal… Nem na Disney e nem em restaurantes/lanchonetes/shoppings em que passamos tinha :/ Não se esqueçam disso!

Quem quiser passar mais um pouquinho de vontade, pode ver o site da marca Dippin’ Dots. Alguém aí já experimentou?

E o que acharam do Sea World?

Beijos e até o próximo post!

_

Algumas informações foram retiradas dos sites: Wikipedia | Viajando para Orlando

Anúncios

5 comentários sobre “Sea World e mais um vício gastronômico

  1. Eu também não tenho muita coragem quando se trata de montanha russa kkkk… já vi essa na Tv.. a gente vai praticamente deitada e uma hora ela passa pertinho da água, deve ser muito bom! Meu Deus e esse sorvete em bolinhas? Vou anotar na minha lista de objetivos, comer Dippin’ Dots no Sea World kkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s